Novas instalações

sexta-feira, 16 de julho de 2010

FESTIVAL DE BLUES NO LUXEMBOURG

Imaginem um Festival de musica Blues e Rock em todas as partes turisticas da cidade de COIMBRA, num belo sàbado de verao, com o patrocinio da Municipalidade!

Trinta e sete bandas de nacionalidades diversas (ingleses, alemaes, americanos,franceses, portugueses, belgas, luxemburgueses...) espalhados por dez palcos situados por exemplo, no Bairro Norton de Matos, na Portagem, na Praça da Republica, em Santa Clara, no Bairro de Celas, na Solum, na zona da Universidade,no Jardim Botânico, no Parque da cidade...

Espectàculo inteiramente gratuito em todos os locais com serviços de acesso entre os diferentes lugares, a cargo dos autocarros de carreira municipais, totalmente gratuitos e com uma rotaçao entre eles, de 7 em 7 minutos até às 4 da manha!!!UMA LOUCURA!!!

Claro que, infelizmente isso nunca poderà acontecer em COIMBRA! Nao hà dinheiro para isso, dirao os pessimistas. Eu acrescentaria acima de tudo, nao hà vontade para o fazer.

E um Festival anual que a cidade de DIFFERDANGE, no Luxemburgo, oferece aos seus cidadaos. Uma prova que a CULTURA naquelas paragens se escreve com maisculas!!
DIFFERDANGE conta com 21 771 habitantes dos quais 10 315 sao luxemburgueses, 7289 portugueses, 1090 italianos, 359 jugoslavos, 707 franceses, 287 belgas, 146 alemaes e 578 de outras nacionalidades
.

Passear pelas ruas dessa cidade cosmopolita e ouvir constantemente falar Português, pareceu-nos bastante irrealista. Muitos comércios e sobretudo cafés, afichavam nomes bem lusitanos. Bancos Portugueses nao vimos nenhuns mas, deviam estar escondidos nalguns becos. Nas ruas e praças principais eram inexistentes!!!Nem sequer a poderosa CAIXA, que segundo eles està em todo o lado, ali estava. Sinal de tempos dificeis.

Convidados pelo promotor e grande amigo alemao, Dragan Nikitovic, tivémos acesso a todas as areas dos bastidores e dos palcos.

Os dois artistas mais importantes desse Festival foram o texano LANCE LOPEZ, tao bom como os ZZ TOP e, os famosos MUNGO JERRY!!! Sim, sim, aqueles que no ano de 1970 obrigaram o nosso Castelao Rafael a convidar a bela Celeste a ir ao Casino da Figueira, dar um pézinho de dança ao som de "In the summertime...". Ai! Que belos tempos aqueles!

Foi um encontro muito emocionante ir ao encontro daquela voz tao màgica! O leader e cantor dessa famosa banda chama-se RAY DORSET, tem agora 64 anos e conserva um fisico impressionante, onde nao se avista a minima gordura! A malta delirou de novo quando surgiram os velhinhos hits "Lady Rose" e "In the Summertime"!

Esteve em Portugal em 1971 e gostaria de voltar!
Rafael, temos homem para o 3° encontro de Geraçoes!!!Està garantido!






fotos e textos de bobbyzé

19 comentários:

  1. Pelos vistos também està calor por Coimbra! Deu para trocar no titulo o Luxemburgo pela Holanda!!Acontece.
    Em Colmar, tà tudo na Praia!!Sim, porque temos uma excelente praia artificial!Como nao vou em àguas paradas, vou ao centro historico beber um chàzinho! O melhor combate contra a sede!
    Temos tido uma série de dias com temperaturas acima dos 30 graus!!E depois disto, ainda estou condenado a ir para o Algarve!!!

    ResponderExcluir
  2. Este blogue é uma cópia sem categoria do Cavalo Selvagem, para onde fugiram os ressabiados e os calcinhas e os e outros como o Bobbyzé que não percebo porque é que vem para aqui escrever.
    Nunca vai chegar aos calacanhares do cavalinho.

    Mariazinha da Silveira

    ResponderExcluir
  3. Mariazinha!Nao sou tipo para entrar em polémicas! Deixo isso a quem nao tem nada que fazer!Mas uma coisa é certa: Sou livre como um passarinho e nunca gostei de "gaiolas fechadas"!!Escrevo e falo com todos os meus amigos. Sejam eles cavalos ou cabritos!
    Assunto encerrado.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  5. Este blogue já existia e não pretende ser cópia de nenhum outro, muito menos do Cavalo Selvagem, apenas mais um espaço aberto a quem com boas intenções queira partilhar um pouco da sua cultura, da sua boa disposição e muito principalmente sem ataques directos ou encapotados a quem quer que seja!
    Apenas se exige ou recomenda lealdade, urbanidade e sobretudo bom senso!
    E para que se não crie neste blogue qualquer inicio de "mal estar" este assunto fica encerrado por aqui, sendo apagados quaisquer outros comentários sobre o assunto, tenham eles a proveniência que tiverem!
    O ADM RAFAEL

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  7. Repito,uma vez que enquanto escrevia apareceram mais dois comentários( infelizmente um "anónimo" serão apagados todos os que surgirem daqui para a frente.
    Rafael

    ResponderExcluir
  8. Caro amigo Zé Oliveira! Gostava de ter o teu CV.
    És um Homem extraordinário! Parabéns e continua a deliciar-nos com as tuas belas "tiradas"...nos Blogs que entenderes: Eu, como já te diise, tenho 2 ou 3...em que sou Autor e mais 2 onde colaboro, com muito prazer!!! Oiçam o Zeca...e deixem-se de merdas!!!
    Grande abraço meu amigo.
    Zé Leitão

    ResponderExcluir
  9. Bobbyzé estás sempre rodeado de musicos,
    musica e amigos !
    É o que importa e lá virá o dia em que
    conhecerei,in situ,alguns desses amigos...

    ResponderExcluir
  10. Olinda! E esse dia està muito mais proximo do que tu imaginas!!

    ResponderExcluir
  11. Olá Bobbyzé.
    Então,muito enigmático!
    Quando será o dia de conhecermos os "teus" artistas?

    Vamos vendo...
    Sempre em frente e continuemos com a nossa amizade.

    ResponderExcluir
  12. Grande Bobbyzé! Um coleccionador de génios!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. Bobbyzé - És uma autêntioca enciclopédia do mundo da música, que nos vais deliciando com as tuas entusiasticas descrições e pondo-nos a par de todas as novidades que por aí vão surgindo.Obrigado.
    Em 2003, no âmbito de Coimbra Capital Nacional da Cultura, fez-se algo que se aproximou do que descreves. Houve um desfile de todos os organismos culturais ficando um em cada sítio pré-defenidos da cidade e actuando de seguida. Os grupos foram agregados em diversos pontos da cidade donde partiram na direcção da baixa.
    Desfilaram e actuaram grupos de teatro, coros,fados, bandas, música popular e jazz, saltimbancos, etc.
    Um abraço (boa resposta a quem meteu o bedelho)
    Abílio

    ResponderExcluir
  14. Bobbyzé, é sempre com muito agrado que vejo as imagens, as novidades que carinhosamente nos envias. Esperamos por ti et les autres...
    Beijinho a todos

    ResponderExcluir
  15. GOSTEI, ZÉ HENRIQUES.
    Um Abraço.
    Tonito.

    ResponderExcluir
  16. Dom Rafael,
    O Bobbyzé abre as portas para um programa do 3º. aniversário do GEG verdadeiramente fantástico.
    Sei que neste momento as tuas preocupações estão mais assentes no próximo aniversário mas toma nota desta disponibilidade. Avancemos, para o próximo ano teremos a internacionalização !
    Aquele abraço.

    Carlos Viana.

    ResponderExcluir
  17. O Bobbyzé tem muita razão. Por aqui também fazem eventos do tipo descrito que além de darem qualidade de vida a nível social, trazem muito dinheiro. Quanto aos péssimistas, por estes lados não havia dinheiro para a F1, só que quando ela desapareceu de cá, os três niveis de governo e os comerciantes locais, viram quanto estavam a perder. Os impostos que perderam, dava-lhes para ajudarem a F1 e ainda crescia muito. Assim o Federal, o Provincial, o Municipal e os comerciantes da zona, só eles deram perto de três milhões de dólares, juntaram-se todos e a F1 voltou este ano. Os hoteis voltaram a estar cheios com turismo de todas as qualidades, restaurantes, cafés, casas de moda, etc, etc. Tudo o que se viu de devertimento e até outros acontecimentos foram gratuitos, à excepção do baile com fins beneméritos. Aí eu fui péssimista pois uns milhares de dólares para entrar... hã... por deferência deixei lá irem os corredores no meu lugar. Grande parte do Festival de Jazz de Montreal, foi gratuito. Continuou tudo cheio e o comércio andou. Menos de doze horas depois do seu fecho, apresentaram quatro milhões de dólares de lucro: isto fora os impostos que foram para os diversos governos e que ajudam no sistema social do país. Amanhã vai começar o "Festival Juste pour rire" e o comércio assim como os impostos vão rire de satisfação . O problema não são os péssimistas porque os otimistas fariam-lhe ver a situação. O problema é a mentalidade de certas pessoas que são poucas e têm muita influência pois dinheiro, dá. Alonguei-me, já é hábito mas neste caso há coisas que me custam. Um abraço,

    Chico

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  19. Chico!Estou plenamente de acordo contigo!Todos estes eventos têm um custo mas, quem é inteligente sabe perfeitamente que hà aspectos altamente positivos, quer no campo comercial, social e estrutural, para a propria cidade.
    Vejamos o caso de COLMAR e os seus Mercados de Natal. Hà 12 anos o Presidente da Câmara lutou contra todas as associaçoes, possiveis e imaginàrias, para levar avante este magnifico evento, hoje considerado como um dos mais espectaculares do Mundo.Hoteis? Sao reservados de ano para ano! Numa época de tanto frio, em que a maioria das pessoas estaria mais inclinada para ficar ao quentinho dentro das suas proprias casas, é fantàstico ver-se toda esta animaçao à volta da cidade e das aldeias que a rodeiam e que também possuem mercados desse tipo!
    Aproveito para lembrar a todos que vai haver este ano uma ROTA DOS MERCADOS DE NATAL NA ALSACIA, organizada pela Bobbyzé Travel Agency.
    O evento terà lugar de 3 a 8 de Dezembro. Jà hà 6 inscriçoes. Uma oportunidade para todos aqueles que nao puderam vir à ROTA DE COLMAR.

    ResponderExcluir