Novas instalações

sábado, 12 de junho de 2010

FEIRA MEDIEVAL DE COIMBRA

A Feira Medieval de Coimbra leva-nos a um convívio de perto com almocreves, mercadores, mendigos, gentis-homens e clérigos. O espírito medievo de uma feira do século XIV invade o visitante e transporta-o para um tempo imemorial.

No ar pairam os mais variados aromas. Febras, torresmos e sardinhas, tostam nas brasas e são servidos em folhas de couve ou em pão de centeio. Chouriço cozido em vinho, diversos pescados e costeletas de javali, saciam outros apetites. Associando-se a estes cheiros, outros, mais doces, completam o menú. Assim, manjares de leite e mel, tijeladas, papas de melado, com sangue de porco e mel e frutos secos (especialidade da época) e as mais diversas frutas, completam a dieta alimentar da época.

Se recuarmos no tempo de outros tempos ficamos a saber que a feira de Coimbra foi instituída por portaria fernandina a 7 de Junho de 1377. Embora já existissem no século XII, a centúria de Duzentos surge efectivamente como o século de ouro das feiras em Portugal e o monarca D. Dinis apresenta-se como o grande incentivador das mesmas, totalizando 43 no seu reinado.
video

5 comentários:

  1. A Internet tem destas coisas apesar de longe de Coimbra ...
    Abílio

    ResponderExcluir
  2. Coisas como estas fazem-me desconfiar desta modernice da Internet. Se eu sei que este artista está a banhos no reino dos Algarves ( burguês !), como é possível uma reportagem feita aqui e agora?
    Que grande aldrabice.
    Carlos Viana

    ResponderExcluir
  3. Realmente...não vi o Abílio por lá!!!

    Talvez algum "mensageiro"!???

    Mas o Mendigo foi a atracção principal!!

    GRANDE ACTOR ! Parabéns!

    ResponderExcluir
  4. Pois a história para reler e nunca é demais!
    Mas os burgueses,tal como na Idade Méia, continuam com os mesmos tiques...

    ResponderExcluir
  5. De cá ou dos Algarves,o documentário fotográfico,o texto e o fundo musical,está tudo soberbo!
    Revela grande investigação,notável!

    ResponderExcluir